NOVO JARDIM JUNTO AO FORUM MADEIRA

A Câmara Municipal do Funchal aprovou hoje, em Reunião de Câmara, o enquadramento urbanístico para um dos maiores terrenos ainda disponíveis na zona da Ajuda, junto ao Fórum Madeira, onde nascerá um investimento imobiliário privado. A Autarquia assegurou, desta forma, a construção de um novo jardim público e de uma alameda no local, num total de 25 mil metros quadrados que serão cedidos ao espaço público.

O Presidente Miguel Silva Gouveia destacou que “conseguimos assim mais uma vez harmonizar a iniciativa privada com a defesa intransigente do interesse público.” Recordando que a Autarquia revogou o contrato existente com o promotor imobiliário em causa e elaborou, através dos próprios serviços camarários, o novo contrato de urbanização, o autarca acrescentou que “quando concluídas todas as operações urbanísticas previstas, a área pública constituirá mais de 50% da área de intervenção, ao passo que garantimos igualmente que o índice de construção permitido no local será o mais baixo possível, de modo a salvaguardar a harmonia entre espaços verdes, zonas edificadas e espaços coletivos, para que todos fiquem a ganhar.”

A respetiva unidade de execução assegura, desta forma, uma área pública de espaços verdes para a futura Alameda Central, um logradouro impermeabilizado ajardinado e um novo espaço ajardinado público na continuidade do Jardim da Ajuda, a que se somam outros espaços complementares de ligação pedonal e, ainda, os espaços verdes privados de utilização coletiva. Os espaços ajardinados públicos serão, por sua vez, complementados por espaços públicos de circulação e estacionamento à volta de todo o perímetro do quarteirão.

Miguel Silva Gouveia enalteceu que “cada vez mais, os espaços verdes e públicos assumem-se como peças fundamentais dentro da estrutura da paisagem e do ordenamento da cidade, uma vez que proporcionam benefícios ambientais, económicos, estéticos e sociais, entre outros. A Autarquia procurou, assim, proporcionar a todos os funchalenses, e a todos aqueles que venham a usufruir do espaço em causa, um meio mais apelativo e sustentável.”

“Do ponto de vista económico, a futura intervenção proporcionará uma valorização do local e de toda a sua envolvente, oferecendo importantes incentivos à prática de atividades comerciais, e fortalecendo, assim, a economia e o turismo”, referiu o Presidente. “Esteticamente, esta será também uma intervenção com um impacto bastante benéfico para a imagem da cidade, proporcionando harmonia com a envolvente urbana e paisagística, sem a descaraterizar. Ao mesmo tempo, a Alameda e o Jardim Público desempenharão ainda importantes funções sociais, lúdicas e culturais, com repercussões para o bem-estar da população residente e visitante”, concluiu.

 

 

 

 

 

 

https://www.funchal.pt/cmf-garante-25-mil-metros-quadrados-para-novo-jardim-e-alameda-junto-ao-forum-madeira/?fbclid=IwAR1EryrmU455rXSdDWl0kF35ExHs6BLrLSQELSouvAT94a9louD8Pf_4SyA#



Usamos cookies no nosso site para melhorar o desempenho e experiência. Ao continuar, declara aceitar todos os cookies.